Voluntariado

Seja um Voluntário

Todos podem contribuir a partir da ideia de que o que cada um faz bem, pode fazer bem a alguém.

O que conta é a motivação solidária, o desejo de ajudar, o prazer de se sentir útil. Muitos profissionais preferem colaborar em áreas fora de sua competência específica, exatamente para se abrir a novas experiências e vivências.

Voluntariado é experiência espontânea, alegre, prazerosa, gratificante.

O voluntário doa energia, tempo e talento, mas ganha muitas coisas em troca: contato humano, convivência com pessoas diferentes, oportunidade de viver outras situações, aprender coisas novas, satisfação de se sentir útil.

No voluntariado, todos ganham

A ação voluntária visa a ajudar pessoas em dificuldade, resolver problemas sociais, melhorar a qualidade de vida da comunidade. Seu sentido é eminentemente positivo: ao mobilizar energias, recursos e competências em prol de ações de interesse coletivo, o voluntariado reforça a solidariedade social e contribui para a construção de uma sociedade mais justa e humana.

Precisamos sempre de voluntários para nossos projetos sociais

Se tendes pouco, dai muito, porque a caridade não faz empobrecer (Carta 447,3) e é preciso ajudar quem é mais necessitado do que nós (Carta 308,6).

Dar do que se tem é importante, mas muito mais importante é dar do que se é: Não tenhamos outro fim nas nossas ações senão a maior glória de Deus e o maior bem das almas (…) E felizes de nós, se pudermos dizer com verdade à hora da morte: nas minhas ações nunca me procurei a mim mesma, mas unicamente a glória de Deus e o bem espiritual do meu próximo (Carta 119,4); O meu interesse não é o proveito do Instituto, mas fazer mais algum bem a tantas almas (Carta 585,5). “

Paula Frassinetti

Open chat
Posso ajudar?